E PLURIBUS UNUM


  Benfica Glorioso  
  BTV  
  BTV  
  BTV 
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV 
  BTV  
  BTV  

tag foto 1 tag foto 2 tag foto 3 tag foto 4 tag foto 5 tag foto 6 tag foto 7 tag foto 8 tag foto 9 tag foto 10
E Pluribus Unum

EDIÇÃO DE SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO 2022

Food

CAPA JORNAL BENFICA

É o jornal desportivo mais antigo em circulação no nosso País (desde 28 de novembro de 1942), sendo uma referência no universo do Sport Lisboa e Benfica e também no panorama do desporto nacional...

Leia mais

Nélson Veríssimo: "Queremos dar uma resposta competente e competitiva"

 facebook  twitter  pinterest  likedin


 

Nélson Veríssimo, treinador do Benfica, fez a antevisão do jogo com o Boavista, referente às meias-finais da Taça da Liga, marcado para as 19h45 de terça-feira, 25 de janeiro, em Leiria, deixando claro que o plantel está "focado" em dar uma "resposta competente e competitiva" para vencer o encontro.

O técnico está confiante num desempenho positivo dos seus atletas no jogo frente aos axadrezados, mas fez questão de lembrar, ainda antes da conferência de Imprensa no Benfica Campus, em declarações à BTV, que pela frente está uma "equipa difícil", que tem pontuado "consecutivamente nos últimos sete jogos", demonstrando "grande capacidade e resiliência".

Esperando "um jogo aberto" entre "duas equipas com uma ideia positiva do jogo", Nélson Veríssimo reconhece que é necessário foco coletivo para o "processo defensivo e ofensivo", isto numa fase em que o grupo ainda procura os melhores ajustes táticos.

Nélson Verissimo

O Benfica tem sete conquistas da Taça da Liga em 14 edições, mas não ganha desde 2016. Nélson Veríssimo e o grupo de trabalho sentem que está na altura de quebrar um jejum?

O que sentimos é que é mais uma competição em que temos claros objetivos de vencer, é com esse espírito que vamos para o Boavista. Para ganhar a Taça da Liga ainda temos dois jogos pela frente, mas o foco está no Boavista. Vamos defrontar uma equipa muito competente e bem orientada, que, nos últimos jogos, tem vindo consecutivamente a somar pontos. Será uma tarefa difícil, temos a consciência disso, mas os jogadores deram uma resposta muito positiva. Sabemos como temos de entrar, o objetivo é vencer o Boavista e chegar à final da competição. É essa a tónica.

Numa fase em que o Benfica está a nove pontos do primeiro lugar da Liga Bwin e fora da Taça de Portugal, qual é a real importância desta Taça da Liga?

A importância da prova é a mesma. Recuando ao início desta época e tendo em conta o que são as aspirações e objetivos da grandeza deste clube, a importância é exatamente a mesma. Vamos para esta competição, começando no jogo com o Boavista, com o intuito de a vencer. Até porque temos consciência que há aqui muitos jogadores que já ganharam várias competições ao serviço do Clube e sabem a repercussão que isso tem nos Sócios, nos adeptos e o que eles nos devolvem em função disso, e há outros jogadores que ainda não ganharam títulos no Benfica e vão ter a oportunidade de sentir isso. É também um dos objetivos, ganhando esta competição, permitir que os nossos atletas que ainda não ganharam nenhum título ao serviço do clube tenham conhecimento ou que possam ver a reação e o que vão ser os adeptos e Sócios perante essa conquista. Deixo sublinhado que, para que isso aconteça, temos dois jogos pela frente. Temos o jogo do Boavista, que sabemos que vai ser complicado, e para conquistar a competição temos dois jogos que certamente serão difíceis. Acreditamos muito no que temos vindo a fazer, na qualidade e no trabalho que os jogadores têm feito todos os dias nos treinos, e vamos com um sentimento positivo para esta competição.

Nélson Verissimo

"É mais uma competição em que temos claros objetivos de vencer. [...] Acreditamos muito no que temos vindo a fazer, na qualidade e no trabalho que os jogadores têm feito todos os dias nos treinos"

Nélson Veríssimo

A Taça da Liga pode salvar a época do Benfica?

Não, a conquista da Taça da Liga não vai salvar a época. O principal objetivo é a Liga portuguesa. Do nosso ponto de vista ainda estamos envolvidos nessa luta, conscientes das dificuldades, mas no momento o foco é o Boavista e a Taça da Liga, em que o objetivo é conquista-la. Não tem maior ou menor importância em função da nossa classificação na Liga.

É uma Taça da Liga marcada pelas ausências de alguns jogadores, fruto dos compromissos das seleções nacionais. Como é que olha para esta situação?

À partida, no início da época desportiva, já sabíamos que esta paragem ia acontecer, que não poderíamos contar com alguns jogadores, nomeadamente o Nico [Otamendi] e o Darwin. A ausência de alguns jogadores é uma oportunidade para outros, assim como acontece quando algum jogador se lesiona. Não podendo dar o seu contributo à equipa, dá oportunidade a outro jogador para ter a sua oportunidade e para treinar, como foi o caso do Henrique [Araújo], ou até eventualmente para jogar. O treinador tem de estar preparado, sabendo de antemão que nesta janela poderia eventualmente não contar com dois jogadores. Temos de estar preparados e arranjar soluções para a equipa, depois, dar respostas em campo.

Nélson Verissimo

"A Taça da Liga não vai salvar a época. O principal objetivo é a Liga portuguesa. Ainda estamos envolvidos nessa luta, conscientes das dificuldades, mas no momento o objetivo é conquistar a Taça da Liga"

Numa análise aos jogos em que tem estado no banco, já revê a sua forma de jogar no futebol apresentado pelo Benfica? O que o preocupa mais na equipa?

O que me preocupa é tudo: o processo defensivo, ofensivo, os momentos da transição, a bola parada… Olhando para os jogos que já tivemos oportunidade de fazer, há correções a fazer no processo ofensivo. Estamos a introduzir dinâmicas com a competição a andar, o que nem sempre é fácil, mas os jogadores estão a dar uma resposta muito positiva. É difícil estabelecer parâmetros e dizer em que ponto é que a equipa já tem a ideia do treinador, porque a ideia nunca vai estar completa. O modelo de jogo vai sendo construído e está em permanente evolução. Temos de olhar para os jogos feitos e perceber que há sempre coisas a corrigir, mas o nosso foco está mais orientado para o processo ofensivo da equipa.

Nélson Verissimo

Henrique Araújo foi agora chamado aos trabalhos da Equipa A. Qual é o plano que tem para ele?

Falar do Henrique Araújo é falar de todos os jovens que fazem parte da Formação do Clube. Estamos atentos a tudo o que se passa tanto na Equipa B como nos Sub-23, de uma forma mais próxima. Reconhecendo que há qualidade e havendo uma necessidade, neste caso específico na posição de avançado, porque temos Seferovic lesionado e Darwin ao serviço da sua seleção nacional, ficámos com apenas dois avançados e sentimos a necessidade de chamar mais um. Olhando para os jogadores do plantel da Equipa B, sentimos que o Henrique estava preparado para dar essa resposta e vai estar connosco nos próximos dias. Agora foi ele, noutra circunstância, em função de uma posição em que possa haver uma necessidade, pode ser outro jogador.

Já tem uma ideia mais concreta da extensão da lesão de Seferovic? Por que razão Gedson esteve ausente no treino [desta manhã]?

O Seferovic tem uma lesão que o impede de estar nos próximos dias connosco. O Gedson pode estar de saída do Clube, mas ainda não há confirmação oficial e não consigo adiantar mais nada.




 facebook  twitter  pinterest  likedin

Comentários

  • Postagens
  • Comentários
  • 111,654

    Visualizações
+ Seguir Blog



com o Google Friend Connect