BENFICA CAMPEÃO 37


  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV 
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV 
  BTV  
  BTV  
Table provided by Live Soccer TV
E Pluribus Unum 1904

BENFICA CAMPEÃO 2018-19

BENFICA CAMPEÃO 2018-19

VARANDAS FERNANDES: "VIMOS DE UMA DÉCADA DOURADA, NENHUM BENFIQUISTA TEM MEMÓRIA CURTA"

Em declarações exclusivas ao Site Oficial, o vice-presidente Varandas Fernandes lança um olhar crítico sobre alguns dos assuntos mais quentes da atualidade desportiva, entre os quais o processo sumaríssimo instaurado a Rúben Dias. Este caso "é mais uma evidência da dualidade de critérios que tem sido vista ao longo de toda a temporada, com prejuízo óbvio na maioria das vezes para o Benfica".

A uma jornada do fim da Liga NOS, que leitura faz do momento desportivo do Benfica?
Estamos no fim da temporada e estes dias são de mobilização para encerrarmos o Campeonato com uma vitória no nosso Estádio perante o Moreirense, quando o segundo lugar ainda está em aberto e é uma possibilidade. Pela ambição que nos caracteriza e distingue, queremos sempre fazer mais em todas as frentes e ganhar todos os anos, mas infelizmente, em face de várias circunstâncias, esta época não terá o desfecho que todos pretendíamos.
No entanto, nenhum Benfiquista tem memória curta. Todos sabemos que vimos de uma década dourada, com inúmeras conquistas no futebol profissional. No panorama nacional ganhámos tudo o que havia para ganhar: Campeonatos, Taças de Portugal, Supertaças e Taças da Liga. Tudo! Mais: no plano internacional chegámos a duas finais da Liga Europa e, também neste período, atingimos os quartos de final da Liga dos Campeões por duas vezes. Não vamos agora pôr tudo em causa só porque nesta época não conseguimos o que queríamos e, com isso, apagar tudo o que foi feito e alcançado numa época dourada, das melhores de sempre da história do Clube.
Rúben Dias
Após o dérbi do último sábado, a Comissão de Instrutores da Liga, por mote próprio, resolveu instaurar um processo sumaríssimo a Rúben Dias por causa de um lance protagonizado com Gelson Martins. Que comentário lhe merece esta iniciativa?
Permita-me que fale primeiramente de Rúben Dias. É um defesa criado nas escolas do Sport Lisboa e Benfica, competitivo, mas que não tem comportamentos violentos. O atleta não merece ser tratado da forma como tem vindo a ser tratado. O que se passou com esta decisão de abrir um processo sumaríssimo é só mais uma evidência da dualidade de critérios que tem sido vista ao longo de toda a temporada, com prejuízo óbvio para o Benfica. Assistimos a uma série de outros lances em diversos jogos em que intervieram jogadores dos nossos adversários que não mereceram o mesmo tipo de tratamento e de atuação no capítulo da disciplina. Lamentamos que assim seja. O Rúben está a ser perseguido de forma vergonhosa, tendo como objectivo único atingir o SL Benfica… Se o Rúben merece ser castigado, o que se dirá do jogo agressivo praticado por Rui Patrício, Mathieu, Coates ou Fábio Coentrão sobre os nossos atletas?
Nos últimos dias foi atribuída aos adeptos do Benfica a entoação de cânticos menos apropriados num estádio de futebol. Como encara este episódio?
O Benfica é, e sempre foi, um clube que preza os valores e os princípios da ética desportiva. Devemos combater a apologia do ódio e contribuir para a defesa dos valores desportivos. A liberdade de expressão não implica ódio, pelo contrário deve ter dignidade. Condenamos tudo o que seja pela violência, em qualquer clube e em qualquer campo, seja qual for a modalidade. No entanto, também lamentamos, e isto é factual, que nos festejos dos nossos adversários o que ouvimos predominantemente são cânticos a ofender o Benfica, dirigentes, Sócios e adeptos.
Receba as notícias no seu e-mail!

Coloque aqui o seu email:

Delivered by FeedBurner

Gostou da Notícia? Então Partilhe com os amigos.

Comentários

ULTIMAS NOTICIAS

+ Seguir Blog



com o Google Friend Connect