««« A próxima jornada disputa-se sábado, às 18h15, no Estádio da Luz, com o SL Benfica a receber a formação do Estoril. SA «««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2015\2016

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV

RECORDE DE RECEITAS Época Desportiva 2015/16

quarta-feira, 21 de setembro de 2016


Terceiro ano consecutivo de resultados positivos, quer no relvado, quer nas contas.
Em comunicado enviado esta quarta-feira à CMVM, a Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD, divulgou a informação económica e financeira consolidada relativamente ao exercício findo a 30 de junho de 2016, na sequência da disponibilização do Relatório e Contas do Sport Lisboa e Benfica.
E os números são claros! Recorde de receitas da Benfica SAD (211,9M vs 186M) e Grupo SLB (236,6M vs 206,3M), constituindo-se este como o maior resultado líquido na História da SAD, com 20,4M.
Destaque ainda para a capital próprio positivo de 20,9M, com uma forte redução na dívida bancária (-49,7M).
Nota de relevo para o facto da inexistência de novos financiamentos bancários.
Para além de se ter sagrado Tricampeão dentro das quatro linhas, pelo terceiro ano consecutivo são apresentados resultados positivos também nas contas.
Os principais destaques nos resultados económicos e financeiros apresentados pela Benfica SAD no exercício de 2015/2016 são os seguintes:
- O resultado líquido consolidado ascende a 20,4 milhões de euros, o que equivale a uma melhoria de 188,4% face ao período homólogo e corresponde ao terceiro exercício consecutivo em que a Benfica SAD regista resultados consolidados positivos, em simultâneo com a obtenção de resultados desportivos, designadamente a conquista de três títulos de campeão nacional;
- O resultado operacional (incluindo transações de direitos de atletas) supera os 38 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 25% face ao período homólogo, demonstrando que a atividade operacional reforçou o seu contributo para a melhoria dos resultados económicos alcançados;
- Os rendimentos operacionais (excluindo transações de direitos de atletas) ascendem a 126,1 milhões de euros, o que representa um crescimento de 23,6% face ao período homólogo, sendo essencialmente explicado pelas receitas obtidas na Liga dos Campeões;
- Os rendimentos com transações de direitos de atletas ascendem a 81,9 milhões de euros, o que representa um crescimento de 3,9% face ao período homólogo, sendo de destacar os ganhos obtidos com as transferências dos atletas Renato Sanches, Gaitán, Ivan Cavaleiro e Lima;
- Os rendimentos totais consolidados ascendem a 211,9 milhões de euros, o que corresponde a um crescimento de 13,9% face aos 186 milhões de euros apresentados no período anterior, ultrapassando pela primeira vez a barreira dos 200 milhões de euros;
- O ativo consolidado ultrapassa os 476,4 milhões de euros, o que representa um aumento de 46,2 milhões de euros e corresponde a um crescimento de 10,7% face ao período homólogo, essencialmente justificado pelo acréscimo do valor dos ativos intangíveis e de caixa e equivalentes de caixa, o qual foi parcialmente compensado pela diminuição do saldo com empresas do grupo e partes relacionadas no ativo não corrente;
- A rubrica de caixa e equivalentes de caixa aumentou essencialmente devido ao recebimento no final do exercício da primeira prestação do valor de alienação do atleta Renato Sanches;
- O passivo consolidado regista um aumento de 25,8 milhões de euros, o que corresponde a um crescimento de 6% face a 30 de junho de 2015, sendo esta variação essencialmente explicada pelo aumento dos compromissos com fornecedores e outros credores, face aos investimentos realizados na aquisição de direitos de atletas, que permitiram reforçar o valor do ativo da Benfica SAD;
- A dívida bancária registou uma forte diminuição neste exercício, no valor de 49,7 milhões de euros, a qual foi compensada quase na totalidade pelo incremento do valor dos empréstimos obrigacionistas por subscrição pública;
- O capital próprio consolidado ascende a 20,9 milhões de euros, mantendo a tendência de melhoria verificada nos últimos exercícios, a qual no presente período correspondeu a um aumento de 20,3 milhões de euros, face ao valor de 575 milhares de euros que apresentava a 30 de junho de 2015.


Comentar com: ou
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

obrigado pelo seu comentário !!!

Siga-nos no Facebook!!! https://www.facebook.com/benficaglorioso ☚ Visita


Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2017