««« PAÇOS FERREIRA vs SL BENFICA SÁB 24 FEV 20h30 ««« BENFICA vs CS MARITIMO SÁB 03 MAR 18h15 ««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2017\2018

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV

Leitores 244
1 214
Seguir
5444
Fans
2.414
Seguir

EMPATE NO CLÁSSICO FC Porto - SL Benfica, 1-1

domingo, 6 de novembro de 2016


FC Porto e SL Benfica defrontaram-se esta noite de domingo, numa partida referente à 10.ª jornada da Liga NOS.
Estádio do Dragão vestido a rigor, com cerca de três mil adeptos benfiquistas nas bancadas em apoio à equipa e a fazerem-se ouvir de princípio a fim.
Com cinco pontos de vantagem sobre FC Porto e SC Braga e sete do Sporting CP, entrada fortíssima do Tricampeão, num onze com duas alterações face aos dois últimos. Eliseu e Samaris, nos lugares de Grimaldo e Fejsa, respetivamente, com os dois atletas a juntarem-se aos indisponíveis Jonas e Rafa.
Minuto inaugural, Cervi faz uma maldade a Maxi Pereira (que túnel!) e conquista o primeiro canto do desafio.
Os anfitriões, a jogar em casa, não gostaram do atrevimento e André Silva (6’) respondeu de pronto, com Gonçalo Guedes, aos 12’, a não se ficar e a atirar por cima da baliza de Iker Casillas.
Entretanto, Luisão fez sinal ao banco mostrando que não estava em condições de continuar… Não bastasse o azar do capitão, minuto 14, e Ederson faz a primeira grande defesa da noite.
Enorme defesa do guardião brasileiro que, com o pescoço, diz não ao golo de Corona, e fica muito mal tratado, pedindo assistência imediata a Artur Soares Dias.
Confirmada a não continuidade de Luisão, Lisandro entra aos 17’ para o eixo central da defesa, juntando-se ao jovem Lindelof.
O FC Porto reagrupou as tropas e a partir daqui tomou conta do jogo… Danilo, de cabeça na sequência de um canto; André Silva com um remate poderoso; Corona a oferecer a Ederson a defesa da noite; Diogo Jota…
Do outro lado, um Benfica com linhas baixas, com um bloco coeso e solidário a defender tudo, com Ederson – enormíssimo – a dizer não a todas as investidas dos azuis e brancos.
Aos 35’, o Tricampeão libertou-se e Gonçalo Guedes deu o mote mas a bola saiu por cima da trave. Em cima do intervalo, a melhor oportunidade para as águias. Pizzi na cobrança de um canto, Lindelof salta mais alto mas Felipe corta e o esférico ainda beija o ferro.
Nulo ao intervalo, num clássico intenso, muito disputado, e que já merecia golos.
Intensidade máxima… e golos!
Ora, a segunda metade começou sem alterações no figurino e com o tento inaugural do jogo.
Jogada de entendimento coletivo, Corona abre para Diogo Jota que, ganha o frente a frente com Nélson Semedo e remata já com angulo complicado para o 1-0. A partir do minuto 50 o Benfica viu-se a perder no Dragão, obrigado a correr atrás do prejuízo.
Gonçalo Guedes disse presente e Rui Vitória mexeu no xadrez da equipa com a entrada de André Horta para o lugar de Cervi.
O Benfica surgiu então mais atrevido, a subir as linhas e Samaris, aos 60’, viu Iker Casillas a fazer uma defesa enorme, negando o empate ao grego.
Do outro lado, Ederson também continuava em altíssimo nível e, aos 67’, nega o 2-0 a Telles na cobrança de um livre direto.
O treinador do Benfica fez a última alteração no onze e colocou Raúl na frente atacante, com Salvio a sair.
Segunda metade mais dividida, com o Benfica a reagir, a lutar pelo resultado… e a justiça chegaria já no tempo de compensação, com Lisandro, de cabeça, na sequência de um canto, a fazer o 1-1.
Clássico ingrato, com as águias a serem confrontadas com várias adversidades, contudo, o Tricampeão sai do Dragão com mais um ponto e mantém a liderança - 26 pontos (8V2E).
O SL Benfica alinhou de início com Ederson; Nélson Semedo, Luisão (Lisandro, 17’), Lindelöf e Eliseu; Samaris, Pizzi, Salvio (Raúl, 72’) e Cervi (André Horta, 58’); Gonçalo Guedes e Mitroglou.
Segue-se uma paragem para os compromissos das Seleções Nacionais. O Tricampeão regressa aos relvados no dia 19 de novembro, sábado, num desafio a contar para a Taça de Portugal. O SL Benfica recebe o Marítimo, num jogo com início marcado para as 20h15, no Estádio da Luz.
Na quarta-feira seguinte, dia 23, há nova mudança de chip, com as águias a viajarem até à Turquia onde vão defrontar o Besiktas, num encontro referente à 5.ª jornada da Fase de Grupos da Liga dos Campeões.
O Campeonato Nacional regressa no domingo, dia 27, com o Estádio da Luz a receber o SL Benfica – Moreirense, referente à 11.ª jornada. O desafio está marcado para as 18h00.



Comentar com: ou
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

obrigado pelo seu comentário !!!

Siga-nos no Facebook!!! https://www.facebook.com/benficaglorioso ☚ Visita


Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2018