E Pluribus Unum 1904


  Plantel Benfica  
  BTV  
  BTV  
  BTV 
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV  
  BTV 
  BTV  
  BTV  
tag foto 1 tag foto 2 tag foto 3 tag foto 4 tag foto 5 tag foto 6 tag foto 7 tag foto 8 tag foto 9 tag foto 10
E Pluribus Unum 1904

EDIÇÃO DE 07 DE AGOSTO 202

Food

CAPA JORNAL BENFICA

É o jornal desportivo mais antigo em circulação no nosso País (desde 28 de novembro de 1942), sendo uma referência no universo do Sport Lisboa e Benfica e também no panorama do desporto nacional...

Leia mais

Entrevista exclusiva à Benfica TV António Simões: “Ser benfiquista é um sentimento que nasce connosco”

O antigo jogador do Sport Lisboa e Benfica, António Simões, celebrou, este sábado, 70 anos e por altura dessa data simbólica conversou com a Benfica TV, onde abordou várias temáticas. Falou do dia passado com a família, recordou a chegada à Luz, os momentos marcantes e fez a ponte para os dias actuais em que se mantém com vivacidade. Simões chegou ao Benfica com 15 anos, mas antes teve algumas peripécias que não deixou de partilhar. “Cheguei ao Benfica com 15 anos e estive dois anos no Juniores. Antes estava no Almada, havia ligação com o Belenenses e eu fui lá treinar, mas não fiquei, porque o Almada pediu muito dinheiro. O Benfica foi mais agressivo, contratou-me por 40 contos depois de ter estado oito meses a treinar no Sporting”, revelou. No Sporting, António Simões queria jogar no Benfica e explicou, pela primeira vez, como tudo aconteceu: “Saio desse Sporting para o Benfica com a desculpa que precisava do bilhete de identidade. O que eu queria era vir para o Benfica. Há um sentimento que nasce connosco. Naquela altura, eu corria para a estrada para ver o autocarro do Benfica passar. Agora posso dizer isto, mas antes não o disse.” Com uma carreira cheia de alegrias, títulos e demais conquistas, a glória do Clube da Luz enumerou alguns dos momentos mais marcantes. “Os momentos marcantes da carreira são vários. A Final com o Real Madrid, os títulos... É difícil ir buscar um momento que se desmarque de uma carreira, mas o melhor foi ter estado todo este tempo no Clube”, admitiu. Do passado para o presente, a máquina do tempo não parou na entrevista à Benfica TV. Ajudou o Benfica a chegar onde chegou mas o seu espírito altruísta mantém-se inalterado. As motivações é que são outras. “Sou um homem feliz, não sei se sou realizado, porque ainda tenho muitas coisas para realizar. A minha carreira está para trás, não está para a frente, mas a minha vida está. Nada melhor do que trabalhar com pessoas e dar um pouco contributo”, apontou. E prosseguiu na auto-análise: “Tenho esta força interior por um lado, esta energia mental e por outro, tenho este gosto que não me desapega, que não me larga que é o Futebol. Estou num momento da minha vida em quer posso ajudar pessoas a terem sucesso.” António Simões está ligado à equipa técnica de Portugal para o Campeonato do Mundo, no Brasil, em 2014. “Há a meta do Mundial e depois logo se vê. Se houver condições, se continuar lúcido e poder continuar a aportar este capital de experiência, vou continuar”, garantiu. No restaurante de Lisboa “Tia Matilde”, Simões e a família celebraram, este sábado, os 70 anos da glória que capitaneou o Benfica em 244 jogos.

Widget posts recentes
Receba Noticias via Email

Gostou da Notícia? Então Partilhe com os amigos.

 facebook  twitter  pinterest  likedin

Comentários

  • Postagens
  • Comentários
  • 111,654

    Visualizações
+ Seguir Blog



com o Google Friend Connect