««« A próxima jornada disputa-se sábado, às 18h15, no Estádio da Luz, com o SL Benfica a receber a formação do Estoril. SA «««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2015\2016

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV

ÁGUIAS NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL SL Benfica-Estoril, 3-3

quarta-feira, 5 de abril de 2017


O Sport Lisboa e Benfica está na final da Taça de Portugal, onde vai encontrar o V. Guimarães, após eliminar o Estoril nas meias-finais. No Estádio da Luz, na segunda mão, chegou o empate a três bolas.
Para o jogo da segunda mão, o treinador, Rui Vitória, fez oito alterações no onze face ao que defrontou o FC Porto, situação já levantada pelo técnico na antevisão realizada no dia anterior.
Sem referências ofensivas estáticas, mas com dois homens móveis na frente de ataque, o Benfica entrou com bastante dinâmica nas transições, baralhando as marcações da turma estorilista. Com espaço, as águias tiveram 15 minutos fortes, com várias oportunidades de golo. A primeira foi protagonizada por Cervi aos cinco minutos, com um remate cruzado parado por Luís Ribeiro.
O mesmo guarda-redes esteve em evidência aos 13’. Rafa ultrapassa a defensiva canarinha e disparou como uma flecha rumo à área, mas Luís Ribeiro fez-lhe a mancha; na recarga, o remate saiu ao lado. Dois minutos depois, o argentino voltou a estar perto do golo após grande lance de Carrillo na área, mas Ailton cortou no momento certo.
Quem não marca, sofre. O Estoril desinibiu-se, cresceu na partida e aos 30 minutos inaugurou o marcador. Bruno Gomes, do meio da rua, bateu Júlio César com um remate colocado. A perder por 0-1, melhor resposta o Benfica não poderia ter dado. No melhor pano cai a nódoa, e Carrillo empatou a contenda após falha de Luís Ribeiro.
Antes do intervalo, Eduardo bateu um livre direto para grande intervenção de Júlio César. Ao intervalo empate a uma bola na Luz, mas no reatamento houve balde de água fria na Catedral. Nove segundos depois do reatamento, Carlinhos – acabado de entrar na partida – atirou a contar.
Acordou o Benfica e aos 49’ teve duas oportunidades flagrantes para empatar. Primeiro Zivkovic e depois Cervi. Em ambos os lances, Luís Ribeiro esteve enorme. O sérvio redimiu-se do falhanço pouco depois. Golo de antologia ao canto superior direito da baliza do Estoril e 2-2 no resultado (53’).
O jogo estava partido e havia espaço a explorar entrelinhas ou na profundidade. Numa destas situações, Zivkovic lançou Carrillo nas costas da defesa contrária e o peruano sacou de “chapéu” que só foi travado pela barra. Seria um golão! Responderam os comandados por Pedro Emanuel com duplo remate aos 65 minutos (Carlinhos e Bruno Gomes) travado por Júlio César.
Entrar e marcar
Há jogadores que merecem o dinheiro que se gasta num bilhete. Jonas é um dos casos. Entrou aos 69’, volvidos dois minutos fez o “gosto ao pé” após assistência de Cervi e acalmou as hostes Benfiquistas.
O nervosismo regressou com o bis de Bruno Gomes aos 77 minutos, mas o resultado não mais se alterou. As águias marcam presença na final da Taça de Portugal, que terá lugar a 28 de maio, no Estádio do Jamor.
O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Júlio César; André Almeida, Lisandro, Lindelöf, Grimaldo; Samaris, Filipe Augusto (Pizzi, 56’), Carrillo (Salvio, 82’), Zivkovic; Cervi e Rafa (Jonas, 69’).





Comentar com: ou
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

obrigado pelo seu comentário !!!

Siga-nos no Facebook!!! https://www.facebook.com/benficaglorioso ☚ Visita


Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2017