««« SL Benfica x Belenenses 19 agosto 2017 - 20h30 «««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2017\2018

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
BTV

“A FORMAÇÃO SERÁ SEMPRE UM PILAR FUNDAMENTAL” Presidente ao jornal A Bola |

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017


O presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, concedeu, esta segunda-feira, uma extensa entrevista ao jornal A Bola. Falou dos novos projetos, da atualidade, do futebol, das modalidades e na aposta nos jovens da formação como ideia que norteará os destinos do Clube nos próximos tempos.
No arranque da conversa com o diário desportivo fez uma retrospetiva do ano de 2016 depois de se ter entrado no novo ano.
“O momento em que ficou claro que ia haver aposta na formação, trabalhar com uma equipa focada no êxito do Benfica e nunca desistir ou deixar que nos dividissem. Fatores que nos levaram à conquista do Tricampeonato de futebol e a bons resultados nas outras modalidades. Naturalmente, como português e amigo de Fernando Santos, vibrei com a conquista do Europeu de futebol, em França”, disse.
No Benfica, como presidente, desde outubro de 2003, já muitos foram os projetos encabeçados por Luís Filipe Vieira: Estádio, Caixa Futebol Campus, Museu… Porém, ainda muito há por fazer. “Uma instituição como o Sport Lisboa e Benfica, com o seu passado, com a sua relevância social e global e com a vitória no seu ADN, tem sempre muito por fazer. Por exemplo, fazer história com a conquista do Tetra no futebol, continuar a internacionalizar a marca Benfica como referência desportiva global, aprofundar as potencialidades da formação nas várias modalidades e escalões, onde se incluiu o alargamento do Caixa Futebol Campus, reforçar a nossa sustentabilidade financeira continuando o crescimento das receitas e diminuindo gradualmente o nosso défice, lançar uma nova geração de infraestruturas”, referiu.
Quando chegou ao Clube este passava por graves problemas financeiros. Depois da recuperação financeira e desportiva, o que pretende é deixar condições para que não se repita o que se passou aquando da sua chegada. “O grande legado que quero deixar é que quero que o Benfica ganhe tamanha dimensão que seja impossível voltar para trás. Quero que no futuro, independentemente dos meus sucessores, pela estrutura criada, o Benfica continue a ser permanentemente gerido de uma forma empresarial e sempre por profissionais”, sublinhou.
A formação é a grande aposta de futuro. No futebol e nas modalidades, o caminho será por aqui. Do Caixa Futebol Campus saem nomes que provam ser este o trilho certo a percorrer. “Com visão e trabalho sério, os sonhos levantam voo. Num País com a escala e recursos que temos, a formação será sempre um pilar fundamental para qualquer projeto desportivo que se queira sustentável e ganhador. O Caixa Futebol Campus é uma referência internacional de bem trabalhar na formação. E basta verificar tantos nomes que se têm afirmado, desde o Renato Sanches, que ganhou o prémio de melhor jogador jovem do último Europeu, passando pelo Bernardo Silva, André Gomes, João Cancelo e muitos outros que brilham nas principais ligas ou nos que estão connosco na primeira equipa como o Nélson Semedo, Gonçalo Guedes, Lindelöf, Horta ou José Gomes, e outros, que em breve irão aparecer de acordo com um profundo trabalho de planificação a médio e longo prazo que estamos a fazer”, recordou.
Na liderança com o Tetra no horizonte
Desde que é presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira já conquistou vários títulos. Mas conseguir o Tetra é ser o primeiro a consegui-lo no Clube que detém uma história centenária. “A importância é para o Benfica e para os Benfiquistas porque é fazer história. O que para um Clube desta dimensão é obra. Para o presidente é uma colheita das sementeiras que temos feito. Para colher há que ter semeado antes. Alguns acham que pode haver resultados sem trabalho. A realidade desmente todos os dias essa visão. A acontecer, o tetra consolida o padrão desportivo do Benfica. Ganhador e com um projeto de olhos postos no futuro com aposta numa escola com a sua própria identidade e modelo de jogo e numa formação em permanente evolução”, considerou.
As águias estão na liderança da Liga NOS, mas ainda falta muito campeonato e a humildade terá de fazer parte até à 34.ª jornada. “O que eu não tenho dúvidas e o que pretendemos é que o Benfica seja a mais humilde, determinada e ambiciosa equipa em todos os jogos. Quanto ao resto no fim é que se faz as contas. E nesta casa há muito que existe um conjunto de princípios que sabemos que é o principal. Trabalho, muito trabalho, respeitar todos os adversários por igual, pouca conversa e que juntos somos mais fortes”, apontou.
Rui Vitória é o homem do leme rumo ao Tetra. Existe uma grande amizade e cumplicidade entre treinador e presidente, aspeto que ajuda a explicar o sucesso já alcançado. “Somos amigos. A sintonia e a partilha de objetivos em favor de uma instituição com a relevância do Sport Lisboa e Benfica só é possível quando existe disponibilidade para deixar os egos de parte. Só a cumplicidade consegue superar as dificuldades e os obstáculos que são colocados. O Rui é uma excelente pessoa, um grande treinador, um senhor do futebol que se distingue pelo trabalho, pela atitude e pelos resultados. E no início a forma como soube afirmar-se foi desde logo a melhor demonstração da boa escolha que fizemos”, analisou.
Lado a lado, Luís Filipe Vieira e Luisão têm caminhado desde que chegaram ao Benfica. Para o líder encarnado, o capitão é uma referência. “O Luisão foi, é e será sempre uma referência no Sport Lisboa e Benfica. Tem sido o meu companheiro e amigo desta caminhada. E existe uma perfeita sintonia entre nós. Neste momento, essa é uma não questão porque Luisão é um símbolo do nosso Clube”, esclareceu.
Internacionalizar a marca Benfica
Luís Filipe Vieira tem viajado muito para a China com um objetivo claro: internacionalizar a marca. “O objetivo é o de sempre. Reforçar a marca Benfica como referência desportiva global”, revelou, sem acrescentar grandes novidades sobre possíveis investidores ou sobre o naming do Estádio da Luz: “Quando e se houver novidades, os Benfiquistas saberão. Estas questões não se tratam na praça pública.”
Modalidades
O Benfica é um Clube eclético, logo falar das outras modalidades na entrevista ao jornal A Bola foi algo natural. O balanço do trabalho destas nos últimos anos tem sido “bastante positivo” segundo o presidente. “Globalmente é bastante positivo o balanço que faço das modalidades, não esquecendo que ganhar é sempre o objetivo do Benfica. Foi um ano marcado pela presença em cerca de uma dezena de supertaças, temos o Benfica a lutar na Europa nas mais diversas modalidades, desde o basquetebol, voleibol, hóquei em patins entre outras, e tivemos a maior delegação de atletas do Clube em Jogos Olímpicos. Estamos satisfeitos com o trabalho e a entrega dos dirigentes, dos treinadores e dos atletas, mas nesta casa queremos sempre mais. Agora também aqui repetimos a máxima, apostar na formação”, lembrou.


Comentar com: ou
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Enviar um comentário

obrigado pelo seu comentário !!!

Siga-nos no Facebook!!! https://www.facebook.com/benficaglorioso ☚ Visita


Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2017